Notícias

Arquivo

Allflex avança no mercado brasileiro e traz nova plataforma de monitoramento

A Allflex Livestock Intelligence, empresa do grupo Antelliq, traz ao mercado brasileiro uma nova tecnologia e solução de monitoramento, o SenseHub™. A plataforma é a nova geração da solução de monitoramento SenseTime, que fornece informações sobre o status reprodutivo, de saúde, nutricional e de bem-estar das vacas. 

A atualização do sistema e do nome refletem a atual expansão da Allflex em monitorar mais animais em diferentes populações da fazenda e a evolução planejada para se conectar com diversas tecnologias de identificação e gerenciamento, tornando o SenseHub™ o coração do bem-estar animal,de forma abrangente, da coleta à análise de dados de desempenho.

“Esta nova tecnologia traz maior flexibilidade a todas as soluções de monitoramento que oferecemos aos produtores. A capacidade avançada do novo SenseHub™, demonstra nosso esforço contínuo em ajudar os pecuaristas a otimizarem a produtividade e o bem-estar de todos os animais, com foco emobter uma operação mais sustentável e lucrativa”, afirma Dr. Stefan Weiskopf, CEO of Antelliq.

Os atuais usuários do SenseTime poderão atualizar a sua plataforma para o SenseHub a qualquer momento, sem qualquer custo ou perda de dados do sistema existente.

Com o SenseHub™, todas as soluções de monitoramento da Allflex passaram a ser unificadas, dando suporte também aos identificadores eSense e o colar de monitoramento cSense, fornecendo ao produtor informações dos diferentes tipos de animais que possui em sua propriedade.

Monitoramento de bezerros desde o nascimento

Outra novidade da Allflex é a solução Young Stock, um sistema de monitoramento para bezerras, destinado a animais recém-nascidos até seis meses de idade. Único no mercado, a solução estará disponível para toda a América Latina em 2019.

O novo aplicativoé uma solução única para monitorar o gado jovem de forma preventiva. Ele permite que os produtores detectem rapidamente, de forma precoce, o início de problemas de saúde, evitando impactos na curva de crescimento ou queda de desempenho futuro, podendo assim reduzir a mortalidade e o uso desnecessário de medicamentos.

Com o lançamento do Young Stock,a Allflex expande significativamente sua abordagem no mercado de monitoramento de rebanho, passando a abranger todas as diferentes populações de animais, sendo um sistema que poderá ser aplicado em fazendas de qualquer tamanho.A solução estará disponível nas plataformas SenseHub™ e no sistema Heatime® Pro +.

“Com o Young Stock, a Allflex amplia o portfólio e oferece aos produtores a oportunidade de monitorarem todos os tipos de animais, com aplicativos, identificadores ou colares específicos para cada rebanho”, afirma Weiskopf.


Genética e monitoramento do rebanho são aliados para o aumento de produtividade na pecuária leiteira

HRLDn_1A atividade leiteira no Brasil enfrenta grandes desafios em gestão e manejo do rebanho, que acaba refletindo em índices de produtividade precários. Prova disso é que a produção média brasileira é de 4,5 litros por vaca/dia, enquanto os vizinhos Argentina e Uruguai estão na casa dos 12 litros.

Com margens cada vez mais apertadas e cerca de R$ 1,25 pago ao produtor em média no país, de acordo com dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), uma das saídas para melhorar a rentabilidade da atividade é aprimorar a gestão da propriedade com investimento em genética e tecnologia.

Por isso, a Allflex, líder mundial em identificação e monitoramento de animais, em parceria com a Semex, empresa de genética bovina, oferece aos pecuaristas de leite brasileiros a tecnologia do programa AI24, um software que monitora em tempo real a saúde e a reprodução das vacas e novilhas.

Como funciona?

O sistema de monitoramento consiste num colar colocado no pescoço do animal que capta os sinais de atividade, ruminação e ofegação da vaca, enviando os dados automaticamente a um software de gestão.

Segundo a gerente técnica e comercial de monitoramento da Allflex, Brenda Barcelos, o sistema possibilita correlacionar o aumento da atividade e diminuição da ruminação com o cio, indicando o melhor horário para inseminação, alertas de possíveis problemas de saúde ou, por meio da ofegação, pode indicar a porcentagem do lote que está em estresse calórico, acompanhando cada animal de forma individual para melhor eficiência da fazenda.

“Por meio do colar, podemos fazer a captação de atividade, com notas de cio e o melhor horário para inseminar o animal, que é uma informação primordial para a reprodução”, explica Brenda. “Além disso, temos a vantagem do sistema alertar sobre desconforto em gestações acima de 260 dias e tempo prolongado sem ruminação”, exemplifica Brenda.

O Gerente de Marketing do Grupo Semex, Eduardo Fey, destaca que entre as principais vantagens dessa tecnologia está a facilidade do uso do programa. “Com um treinamento simples, o produtor consegue se antecipar aos problemas de origem metabólica e de saúde, por exemplo, pois ele é avisado com antecedência se seu animal padece de alguma situação de doença, podendo assim interferir em um tratamento muito antes dos sintomas clínicos realmente aparecerem no animal”, aponta.

O sistema também controla e monitora dados em nível de rebanho. Em seguida processa essas informações, apresentando-as em relatórios e alertas em tempo real, totalmente personalizáveis e fáceis de entender. O software fornece aos administradores de rebanhos e ordenhadores ferramentas projetadas para ajudá-los a gerenciar suas tarefas diárias e melhorar a lucratividade.

Parceria sólida

O diferencial é que os clientes participantes do programa podem utilizar a tecnologia do monitoramento Allflex em seu rebanho por meio de locação oferecido pela Semex. “A Semex proporciona ao produtor, por meio de locação, a oportunidade de testar primeiramente a tecnologia do monitoramento. Após o término do contrato, o produto passa a ser do pecuarista”, salienta a gerente técnica e comercial de monitoramento da Allflex, Brenda Barcelos.

Além disso, a Allflex oferece aos colaboradores da Semex treinamentos periódicos sobre os sistemas de monitoramento. Com isso, além de conhecer de forma detalhada todas as funcionalidades do sistema, levam informações precisas ao produtor.

“A parceria é de extrema importância ao pecuarista, pois são duas empresas que trabalham oferecendo e disponibilizando soluções às propriedades e no final, quem ganha é o produtor de leite brasileiro. O AI24 vem se firmando nos mercados mais desenvolvidos do mundo como uma importante ferramenta para melhorar resultados dos clientes. No Brasil, os depoimentos dos produtores que já adotaram o programa reforçam esta inovadora possibilidade de instalação do AI24 na forma de locação, uma exclusividade da Semex, altamente flexível e sob medida para qualquer porte de propriedade”, salienta Fey.


Grupo Allflex investe no monitoramento de pecuária leiteira e contrata novo gerente para Brasil e Latam

A Allflex, líder mundial em identificação e monitoramento de animais, anuncia a contratação do médico veterinário Luciano Lobo para conduzir o desenvolvimento dos negócios de monitoramento de pecuária no Brasil e Latam.

Profissional com 18 anos de experiência no mercado de saúde animal, Luciano ocupou diferentes posições em empresas veterinárias nas áreas técnicas, de vendas, atendimento a clientes e marketing, tendo contato com produtores no campo até desempenhado atividades corporativas. Ele terá o desafio de desenvolver os sistemas de gestão da SCR by Allflex nos mercados do Brasil e América Latina.

Os sistemas da israelense SCR, empresa que foi adquirida pelo Grupo Allflex em 2014, consistem em tecnologias que funcionam por meio de um colar colocado no pescoço do animal, que capta os sinais de atividade, ruminação e ofegação da vaca, enviados automaticamente a um software de gestão. Os dados podem identificar aspectos como cio, melhor horário para inseminação, possíveis problemas de saúde e estado de estresse calórico, entre outros. A gestão individual dos animais permite a tomada de decisão rápida e precisa, como por exemplo: detecção de cio, encurtar o intervalo entre partos, tratamento de saúde e emissão de alerta em caso de partos difíceis. Em 2017, a Allflex contabilizou 19 milhões de vacas atendidas com as tecnologias SCR no mundo.

“Diariamente a pecuária vem sendo desafiada a adotar mais tecnologias para trabalhar de forma mais eficiente. Temos a oportunidade de oferecer aos produtores tecnologias de última geração que podem impactar diretamente na forma de fazer a gestão do seu negócio, uma vez que os sistemas de monitoramento podem ajudar o produtor a identificar problemas e tratar animais da forma e no tempo corretos, melhorando índices reprodutivos, de sanidade e, consequentemente, os resultados financeiros da propriedade”, destaca o novo gerente para Brasil e Latam da SCR by Allflex, Luciano Lobo.

“Esse setor me atrai muito porque, olhando para o futuro, vejo na área de monitoramento uma forma inteligente de assegurar saúde e bem-estar animal, além de uma melhor qualidade de vida e bom desempenho na atividade para o produtor”, ressalta.

“Estamos muito otimistas com esse reforço do nosso time, pois Luciano traz toda a sua bagagem e amplo conhecimento de diversas áreas do mercado veterinário brasileiro para desenvolver no Brasil e inicialmente em países como Argentina, Chile, Panamá e Colômbia as soluções em cow e milking intelligence, as quais, aliadas às soluções em identificação animal, consolidam o Grupo como o principal fornecedor de inteligência animal no mundo”, assinala o Diretor Geral da Allflex no Brasil e Latam, Julio Ribeiro.

Antelliq: novo nome da holding
Recentemente, Allflex Group, a marca principal das empresas de identificação e monitoramento de animais Allflex, SCR, Biomark e Sure Petcare, mudou seu nome para Antelliq, fortalecendo sua posição como o principal grupo mundial de inteligência animal.

O anúncio da Antelliq como a nova marca-mãe é uma declaração da ambição do Grupo: ser o líder mundial de inteligência animal, dedicado a conectar animais e pessoas para um futuro mais inteligente.

A holding evoluiu de uma empresa de identificação de gado para uma empresa de inteligência animal, criando dispositivos para identificação e rastreabilidade de animais, soluções pioneiras de monitoramento e entrega de produtos e serviços de dados inteligentes.

O Grupo atua nessa indústria há mais de 60 anos e atualmente emprega mais de 1.900 pessoas em todo o mundo, atendendo clientes em mais de 100 países. Opera 24 plantas de produção em 21 países, abrangendo os cinco continentes. Mais informações podem ser consultadas em www.antelliq.com